Podcast

Diferenças entre au pair na Europa e nos Estados Unidos com Marina Mattos

By on 13 de maio de 2021

Entre as várias opções de intercâmbio para brasileiros, um deles se destaca como imersão e troca cultural: é o programa de au pair, em que o intercambista mora com uma família e trabalha como babá das crianças. A jornalista e criadora de conteúdo Marina Mattos, do perfil @viajamarina, encarou essa experiência pela primeira vez há quase cinco anos e se apaixonou. Nesse episódio, ela compartilha as diferenças entre ser au pair na Europa, onde ficou por dois anos na Alemanha e Holanda, e nos Estados Unidos, onde está trabalhando agora.

Depois de ouvir o episódio, não esquece de me contar o que achou. Ah, e compartilha com os amigos que podem se interessar por esse tema!

Continue Reading

Podcast

Meu intercâmbio de um mês na Inglaterra com Fernanda Fernandes

By on 20 de abril de 2021

Em julho de 2014, embarquei para Oxford, na Inglaterra, para fazer um intercâmbio de um mês estudando inglês. Foi a primeira vez que viajei sozinha e posso dizer que essa experiência mudou minha vida! Nesse episódio, eu me junto à Fernanda Fernandes, com quem estudei na escola e que encarou essa aventura comigo quando tínhamos 17 anos. Compartilhamos detalhes do programa de inglês, hospedagem, preços, passeios e tudo o que fizemos nesse mês de estudo, mas de muita diversão também.

Depois de ouvir o episódio, não esquece de me contar o que achou. Ah, e compartilha com os amigos que podem se interessar por esse tema!

Continue Reading

Podcast

Por Onde Andei #1: Jornalismo de viagem com Raíra Venturieri

By on 25 de fevereiro de 2021

O primeiro episódio do podcast Por Onde Andei está no ar! Eu conversei com a Raíra Venturieri para entender como funciona o trabalho de um jornalista de viagem. O veículo que arca com os custos? Os jornalistas têm autonomia pra sugerir um destino? A Raíra respondeu essas e muitas outras dúvidas. Dá o play!

Depois de ouvir o episódio, não esquece de me contar o que achou. Ah, e compartilha com os amigos que podem se interessar por esse tema!

Continue Reading

Gastronomia

Cinco lugares para café da manhã na Europa

By on 14 de setembro de 2019

Durante viagens, o café da manhã costuma ser a refeição que faço mais rapidamente e que exige verba menor – faz sentido por aí também?! Me preocupo em encontrar restaurantes e docerias diferentonas para o almoço e jantar, então acabo deixando de lado as pesquisas por cafés que abram cedinho. É claro que é possível encontrar opções ali mesmo, dando uma volta pela quadra do hotel ou procurando nas proximidades pelo Google Maps, mas é legal sempre ter em mente alguns lugares infalíveis, aqueles que têm filiais espalhadas por tudo quanto é canto. Aqui, indico cinco redes para você tomar café da manhã na Europa.

Eu não podia falar em cafés sem ao menos citar o Starbucks. É clássico e todo mundo conhece! Por isso nem vou me estender nele e já partir para as próximas sugestões.

Apesar de escrito em italiano, o Caffè Nero foi criado na Inglaterra e hoje já tem filiais por onze países. Outra britânica que faz sucesso é a Pret a Manger, dessa vez em francês, e que significa ‘pronto para comer’. Além dos cafés, ela também vende ótimos sanduíches. Para completar o trio das cafeterias do Reino Unido, temos também o Costa Coffee, que é a segunda maior cadeia de cafés do mundo – fica atrás apenas do Starbucks, claro.

Por fim, temos a Paul Boulangerie. A padaria francesa fundada em 1889 comercializa, é claro, itens clássicos da culinária francesa, como crepes, croissants e macarons. Hoje, pertence ao mesmo grupo da Ladurée, que faz os macarons (provavelmente) mais famosos do mundo.

Clique aqui e leia mais sobre VIAGEM!

Continue Reading

Roteiros

Bruxelas, o coração da Europa

By on 16 de agosto de 2019

Fomos conhecer Bruxelas com altas expectativas; afinal, estamos falando da cidade que é conhecida como o coração da Europa, isso porque é a capital da União Europeia e um importante centro da política internacional.

A verdade é que Bruxelas é uma cidade pequena e com poucos pontos turísticos, podendo ser facilmente visitada em apenas um dia. Uma possibilidade é dormir em Bruxelas por duas noites, assim em um dia você conhece a cidade, e no outro vai para Gante e Bruges – cidades que ganharão um post só delas de tão fofinhas 🙂

Aqui, indico os passeios mais legais para fazer se você tiver um dia para conhecer Bruxelas:

A Galeries Royales Saint-Hubert, criada em 1847, foi o primeiro centro comercial de Bruxelas. Até hoje é repleta de lojas com vitrines lindas, além de restaurantes e cafés clássicos. 

Basta andar um pouco por ela que você desemboca na Grote Markt ou Grand Place, a praça central da cidade. Como estivemos por lá no período das festas de fim de ano, estava tudo decorado com árvores de Natal, luzes e enfeites. Se você for na mesma época, vale a pena ver o show de música e luzes que deixa a praça lindíssima e iluminada!

O ponto turístico mais famoso de Bruxelas talvez seja o Manneken Pis, que nada mais é do que uma estátua retratando um menino fazendo xixi e que solta água, como se fosse uma fonte. Sim, só isso: bem pequena e em uma esquina normal da cidade, mas acabou se tornando símbolo de Bruxelas.

Se você vai visitar Bruxelas na primavera ou no verão, o Mont des Arts pode ser um passeio bem legal. É uma parte alta com vista para a cidade, onde estão localizados a Biblioteca Real da Bélgica, o Arquivo Nacional da Bélgica e um jardim público. Como fomos no inverno, o jardim estava bem ralinho, por isso acredito que no verão seja lindo! Além disso, por ser uma parte superior da cidade, deve render um pôr-do-sol lindíssimo.

Vamos para a parte mais interessante: comidas! Bruxelas tem vários pratos típicos e é claro que nós provamos todos! Começamos com o carbonades, uma espécie de carne de panela com molho de cerveja. Ela acompanha batatas fritas, outra coisa super típica da Bélgica e que você encontra em qualquer carrinho de rua! 

Agora, verdade seja dita: você não pode pisar na Bélgica e não provar os tradicionais waffles. Se possível, coma vários! Em cada cidade, barraquinha, restaurante, o que seja! Nós provamos com várias coberturas diferentes, mas meu favorito é com morango, nutella e chantilly – tem como essa combinação dar errado?

Como mencionei no início do post, Bruxelas é uma cidade mais importante do que necessariamente turística, mas vale incluir no seu roteiro caso tenha alguns dias pela Bélgica. Se você já foi pra lá, comente aqui qual ponto turístico acha indispensável 🙂

Continue Reading