Diário de viagem: Verona

Provavelmente você já ouvir falar que Verona é a cidade dos casais apaixonados. Essa fama se deve à peça Romeu e Julieta, de William Shakespeare, que é ambientada nessa cidade histórica de mais de dois mil anos. Quando fui? Dezembro de 2016. Quanto tempo fiquei na cidade? Meio dia. Como chegar? Fui de carro a […]

17 abril de 2018

Provavelmente você já ouvir falar que Verona é a cidade dos casais apaixonados. Essa fama se deve à peça Romeu e Julieta, de William Shakespeare, que é ambientada nessa cidade histórica de mais de dois mil anos.

Quando fui? Dezembro de 2016.

Quanto tempo fiquei na cidade? Meio dia.

Como chegar? Fui de carro a partir de Milão, aproximadamente duas horas de viagem.

O QUE FAZER EM VERONA?

Chegando em Verona, nos deparamos com o primeiro ponto turístico: a Piazza Brà. Lá fica a Arena de Verona, um anfiteatro do século I d.C. no estilo Coliseu – mas menor, é claro. Ele foi muito usado como palco para lutas entre gladiadores, mas hoje recebe apresentações de dança, shows e outras atrações.

Para mais informações sobre a Arena de Verona, acesse https://www.arena.it/arena/en.

Impossível conhecer Verona e não passar pela Casa di Giulietta. Localizada entre a Piazza delle Erbe e a Piazza dei Signori, ali fica o local onde supostamente morava a personagem principal de Romeu e Julieta. Alguns pontos interessantes pra conferir por lá são:

1- Parede onde os casais escrevem nomes, corações, entre outras coisas.

2- Balcão da casa onde Julieta se lamentava para Romeu.

3- Estátua de Julieta: reza a lenda que, para ter sorte, o visitante deve tocar no seio direito da estátua.

Para mais informações sobre a Casa di Giulietta, acesse https://casadigiulietta.comune.verona.it/.

Aproveite o passeio pelas ruas de Verona para conhecer a Ponte Pietra. Ela foi inicialmente construída no século I, mas caiu diversas vezes e foi se adaptando aos estilos das épocas. A vista no local é incrível e vai render fotos lindas! 🙂

A rua mais movimentada da cidade é a Via Mazzini. É uma delícia passear pelas lojinhas e construções antigas! 

Tem mais tempo pela cidade? Então aproveite para curtir mais passeios por lá:

Castelvecchio: às margens do rio Ádige, foi construído em 1354 para defender a cidade e hoje funciona como museu.

Basílica de S. Anastasia: é a maior igreja da cidade e possui arquitetura gótica.

Piazza Erbe: inicialmente funcionava como um fórum romano; hoje, tem mercado na praça de segunda a sábado.

Piazza dei Signori: é cercada por palácios da prefeitura de Verona e possui uma estátua de Dante Alighieri bem ao centro da praça.

Clique aqui e leia mais posts sobre a Itália!

autora da matéria Bárbara Pereira
compartilhe
comentários
comentários

Acompanhe no YouTube

Siga no Instagram @barbara_pereira

Foto meramente ilustrativa pra te perguntar: já acessou meu site novo? Gostou? Me manda sugestões de destinos e matérias que você quer ver por lá! O link dele tá na minha bio 💛✨
O Blog da Bárbara vai acabar. Ao longo dos últimos oito anos, ele foi o meu espaço para aprender sobre internet, produção de conteúdo, marketing digital, SEO, entre tantas outras coisas… E hoje consigo afirmar com todas as letras que ele fez total diferença pra eu me tornar a jornalista que sou hoje.
Hoje fomos conhecer o @carat.oficial, um espaço que abriu recentemente aqui em São Paulo e que reúne restaurante, rooftop e balada. O restaurante tem cardápio assinado pela chef @daysepaparoto_oficial, campeã do Masterchef Profissionais, e já adianto: tudo estava incrível! Da gastronomia ao atendimento, tivemos uma experiência ótima 💛
você e sua amiguinha quer subir na minha motinha? 🤪
O que eu queria fazer nas minhas férias: passear por Paris. O que realmente estou fazendo: lendo um livro que se passa em Paris 🙃
FAÇA UM PEDIDO ❤️🇮🇹 A Fontana di Trevi é uma fonte gigantesca construída há mais de três séculos. É um dos maiores símbolos da Itália, então atrai milhões de turistas anualmente para jogar moedas na fonte e fazer um pedido – tradição clássica, né? O mais legal é que essas moedas são constantemente recuperadas e doadas para instituições de caridade. A Fontana também apareceu diversas vezes em filmes, como no clássico ‘La Dolce Vita’.
matérias relacionadas