Moda

SPFW TRANS N42: a semana de moda que trouxe mudanças

| 30 de outubro de 2016

A 42ª edição do São Paulo Fashion Week trouxe mudanças significativas para o mundo da moda e representou um momento de inovações na área. Dos dias 23 a 28 de outubro, mais de 20 marcas desfilaram suas coleções no Parque do Ibirapuera e em outros locais da cidade.

O anseio atual é por moda prática, rápida e de fácil acesso. Isso inspirou as semanas de moda a se adaptar ao cenário do momento, começando pelo SPFW. O conceito see now, buy now (leia mais sobre o assunto aquichegou para revolucionar o mercado e incentivar o consumo das peças logo após os desfiles.

Essa edição levava o nome trans, trazendo visibilidade para as modelos transexuais. Um exemplo dessa representação foi o desfile do estilista mineiro Ronaldo Fraga, que acabou tornando-se um verdadeiro manifesto social. Na passarela, ele colocou apenas mulheres transexuais, sendo que apenas uma era modelo profissional – Valentina Sampaio – e o restante foi selecionado pelo Instagram. As modelos usavam variações de um único vestido, o qual mudava apenas as estampas. “A história dessa coleção não está nas roupas e, sim, em quem as veste”, contou o estilista.

Outro destaque foi o desfile de Vitorino Campos, que se inspirou na arte do pintor francês Gustavo Coubert. O estilista apresentou uma coleção totalmente sem gênero, com peças que podem ser usadas tanto por homens, quanto por mulheres.

Por fim, não podemos esquecer da LAB. A marca dos rappersEmicida e Evandro Fióti foi, sem dúvidas, a que mais arrancou suspiros dessa temporada. 90% do casting era composto por modelos negros, mas João Pimenta, diretor criativo, conta que eles foram “buscando as necessidades das roupas e montando as pessoas. Depois que percebemos, pensamos o quão legal era aquilo”.

Entre as inovações que o desfile trouxe, Seu Jorge desfilando com uma saia longa plissada foi uma das mais interessantes. A plateia aplaudiu com gosto a diversidade dos modelos, que fugiam do padrão “alto e magro” que os desfiles sempre pregam. 

A 42ª edição do SPFW foi revolucionária e seguiu tendências que prometem mudar as semanas de moda ao redor do mundo. Ponto para o Brasil, que saiu na frente com essa inovação!

Ir para Post

Moda

Moda, Glamour e oportunidades com Mônica Salgado

| 29 de maio de 2016

Eu já contei em alguns posts por aqui o quanto fiquei feliz ao ir pela primeira vez no SPFW. Além dos desfiles e celebridades que encontramos por lá, o evento me proporcionou uma experiência única: entrevistar a Mônica Salgado, editora-chefe da Glamour Brasil, que conheci ano passado. Eu e a Maria Clara fizemos apenas três perguntas, já que Môni estava trabalhando sem parar no lounge da Glamour. Entretanto, ela foi super atenciosa e nos contou várias coisinhas de sua carreira!

 

Como começou a sua relação com a moda?

A gente não consegue precisar muito bem quando começa… A minha mãe sempre foi muito vaidosa, sempre gostou muito de se arrumar, então acho que isso foi uma influência super positiva pra mim. Eu sempre me interessei muito pelo universo feminino. Cresci lendo revistas femininas com a minha mãe, então também acho que isso foi despertando uma feminilidade, uma vaidade, uma relação com a moda que depois virou profissão.

 

Qual foi o ponto mais alto da sua carreira?

Eu acho que o lançamento da primeira Glamour em abril de 2012 foi um momento muito emocionante pra mim. O primeiro Prêmio Geração Glamour em abril do ano passado (2015) também foi muito marcante. Foi uma noite muito especial e que eu nunca vou esquecer, como se eu estivesse casando de novo.

 

O que uma garota Glamour tem que ter? Alguém que queira trabalhar na Glamour ou no ramo da moda.

Se você trabalha com moda, é claro que precisa gostar de brincar e experimentar com a moda. Você ser o seu cartão de visita do jeito que você se veste é super importante. Acho que tem muito também de você estar no lugar certo, com as pessoas certas, fazer os cursos certos, de repente ter um mentor bacana na sua carreira que te ajude a chegar lá e que te abra algumas portas. A coisa do currículo é muito difícil porque a gente acaba recebendo muitos. Então como é que você vai escolher? Uma experiência fora também é muito legal, um estágio numa revista de fora, quando possível é muito bacana. Eu nunca fiz, então não é que isso fecha portas, mas é o que faz um currículo brilhar aos meus olhos… Ah, e o approach certo. Eu vejo pessoas que têm approaches muito equivocados na hora de pedir alguma coisa. Falta um pouquinho de bom senso e mão na massa. As pessoas querem o glamour, mas tem uma relação por trás que é muito importante pra formar bons profissionais.

Ir para Post

Lifestyle

VLOG: primeira vez no SPFW

| 3 de maio de 2016

Ir para Post

Moda

Lenny Niemeyer desfila sua nova coleção no terceiro dia do SPFW

| 28 de abril de 2016

O terceiro dia do São Paulo Fashion Week contou com o desfile da nova coleção de verão 2017 da marca Lenny Niemeyer, com Renata Kuerten na passarela. A equipe do Colmeia.biz esteve por lá e acompanhou os melhores momentos do evento.

A inspiração de Lenny foi a cultura milenar do Japão. Nas peças do desfile pudemos identificar vários ícones da tradição japonesa, como os quimonos e as estampas de animais (tigres e carpas). Os maiôs e biquínis contavam com recortes geométricos e alças diferenciadas, grandes destaques da coleção. A técnica de amarração com corda conhecida como shibari também esteve presente em alguns modelos desfilados.

Um ponto forte do trabalho de Lenny é a extensão da moda praia. Em vez de criar peças apenas para o mar ou piscina, a estilista investiu em quimonos, vestidos e jaquetas que podem ser usados junto com o biquíni.

 Já dá pra imaginar minha emoção ao ver um desfile ao vivo, né?! Foi incrível!

Ir para Post

Moda

LOOK: meu primeiro SPFW

|

Ontem foi um dia muito especial: pela primeira vez tive a oportunidade de ir ao São Paulo Fashion Week! Assisti ao desfile da Lenny Niemeyer e pude acompanhar de pertinho a movimentação no lounge do evento. 

Participar do maior evento de moda do Brasil foi uma experiência única! Não tenho nem palavras pra descrever minha felicidade em poder estar lá! 

Ir para Post