Lifestyle

5 maneiras de superar o bloqueio criativo

| 28 de fevereiro de 2017
Ultimamente eu estou passando por um tremendo bloqueio criativo. Parece que as ideias não surgem e, quando isso acontece, sinto uma dificuldade absurda de desenvolve-las. Aposto que você já se viu nessa posição, né?!

Pra tentar superar essa fase, pesquisei em vários sites algumas maneiras de passar por esse bloqueio e ter a criatividade de volta. Se você tá precisando de ajuda também, anote as dicas:
ANOTE TODAS AS SUAS IDEIAS
Nenhuma ideia é ruim e deve ser descartada. Pensou em algo? Anote. Isso pode se desenvolver em um conteúdo legal no futuro.
LEIA E PROCURE INSPIRAÇÃO
Qualquer coisa pode te inspirar e se tornar um tema interessante de ser abordado. Leia de tudo – livros, revistas, jornais, sites, blogs… Até textos que você já escreveu estão dentro dessa categoria. O importante é procurar ideias em outros campos. Também aproveite para observar seu cotidiano, conversar com outras pessoas… A inspiração vem de várias formas.
CRIE UMA ROTINA DE ESCRITA
Todos dizem que a prática leva à perfeição. Criar o hábito de escrever todos os dias vai te ajudar a desenvolver temas com mais facilidade. Não importa qual seja o assunto abordado, como você vai escrever, pra quem você vai mostrar… O fato é: escreva!
ESCREVA SOBRE TEMAS DIFERENTES
Precisamos sair da caixinha para evoluir. Aproveite a oportunidade para se arriscar produzindo textos sobre assuntos que jamais pensou em escrever. A criatividade pode surgir daí.
EVITE A PERFEIÇÃO
Em um momento de bloqueio criativo, o importante é retomar o hábito e escrever. Não se preocupe em florear o texto, muito menos deixa-lo perfeito. Você pode fazer ajustes depois, mas no momento é necessário colocar as palavras no papel.

Quais são as suas técnicas para superar o bloqueio criativo? Me conta!

Ir para Post

Viagens

Diário de Viagem: Pisa

| 16 de fevereiro de 2017

Pisa é uma pequena cidade localizada na Toscana, a poucas horas de Florença. A grande atração da cidade é a Torre de Pisa, a famosa torre inclinada.

Quando fui? Dezembro de 2016 (inverno, 5 graus)

Quanto tempo fiquei na cidade? Aproximadamente 2 horas

Como chegar? Fui de carro partindo de Florença (aproximadamente 100km)

 

O QUE FAZER EM PISA?


A grande atração da cidade é a Piazza dei Miracoli, onde estão os pontos turísticos mais interessantes e que você deve conhecer. A Torre de Pisa é o cartão postal da cidade, senão da Itália! Conhecida também por Campanile de Santa Maria, a torre começou a ser construída no início do século 12 em um terreno de argila e areia. Isso explica a inclinação do edifício, que desde sempre apresentou essa particularidade. 


É possível subir na torre em um passeio que dura cerca de 30 minutos. O bilhete custa 18 euros e do topo há uma bela vista da cidade. 


Ainda na mesma praça da torre, você pode visitar a Duomo di Santa Maria Assunta, igreja principal de Pisa. Ela foi construída há quase mil anos (!) e foi dedicada à Virgem Maria. A entrada é grátis. 

Clique aqui para acessar mais posts da minha viagem à Itália!

Ir para Post