Páginas

25 de junho de 2016

The World Needs Nata

Impossível ir para Portugal e não provar os deliciosos pastéis de nata. Eles são feitos com a gema do ovo e, segundo a tradição, devem ser polvilhados com açúcar e canela e comidos levemente aquecidos. 

Se você estiver por Lisboa, não deixe de conhecer a cafeteria The World Needs Nata. Há diversas franquias espalhadas pela cidade e por outros países também, como França, Inglaterra e Espanha. Provamos os pastéis de nata fresquinhos e eles foram, de longe, os melhores que já comemos!


Você pode encontrar a The World Needs Nata em diversos locais, então sugiro que acesse o site e veja a cafeteria mais próxima do seu roteiro:


VEJA TAMBÉM
#BaAroundTheWorld: 2 semanas em Portugal e Espanha!
Clique aqui e confira mais posts sobre viagens!

23 de junho de 2016

LOOK: sobreposição com cor

No curso de jornalismo da minha faculdade, nós temos aula de fotojornalismo. Além de aprender os conceitos básicos da fotografia, ainda temos a oportunidade de testar nossas habilidades por trás das câmeras. 

Foi durante uma dessas aulas que eu registrei o look abaixo. Aluguei a amiga e fomos às fotos!


O look é ótimo para dias em que a temperatura está baixa, mas não tão fria, sabe? A combinação entre a calça arrumadinha e o tênis esportivo criou um visual bem despojado, do jeitinho que eu estou curtindo usar ultimamente. 

O detalhe ficou na sobreposição da parte de cima. A camisa xadrez já apareceu um milhão de vezes aqui no blog, então já tá mais do que provado de que ela é uma peça curinga!

Fotos: Ana Julia Paloschi

CLIQUE AQUI E CONFIRA MAIS LOOKS POSTADOS NO BLOG

15 de junho de 2016

O mundo digital está mudando (e o da moda também)


Em tempos de mídias sociais, cada piscar de olhos é uma eternidade. O que é visto hoje na internet, amanhã já estará perdido no turbilhão de informações postadas diariamente no vasto ambiente digital. O mundo da moda têm sofrido as consequências - tanto boas, quanto ruins - dessa expansão intensa das redes sociais. A nova geração tem necessidades imediatas, e é nesse ponto que entram as semanas de moda e seus desfiles.


Duas vezes por ano ocorrem as chamadas semanas de moda, que nada mais são do que uma bateria de desfiles realizados ao redor do mundo para as grandes marcas lançarem suas próximas coleções. Porém, o que tem causado rebuliço é a demora entre o desfile e a disponibilidade das peças nas lojas. O mundo atual quer ter tudo em um instante, então lançar uma coleção um ano antes de ir para a loja é um tempo absurdamente longo. Hoje em dia é possível comprar as mais variadas coisas em apenas um clique. É isso que a nova geração quer: algo instantâneo, rápido, o agora. 

E as grandes marcas, como lidaram com esses avanços nos últimos anos? A Burberry foi a pioneira e aceitou a mudança de prontidão. As peças do desfile estarão nas lojas logo após a apresentação. Em setembro de 2016, a mudança afetará o calendário dos desfiles das semanas de moda mais famosas do mundo, começando por Nova York. Outras grifes como Tom Ford, Proenza Shoulder e Tommy Hilfiger já anunciaram suas participações nesse novo esquema.

O movimento see now, buy now (veja agora, compre agora) têm transformado não apenas o mercado fast fashion da moda, mas hoje já atinge camadas superiores, como os desfiles das grifes mais conceituadas do mundo. É uma mudança necessária para acompanhar o ritmo da internet e das redes sociais atualmente. A tradicional semana de moda está mudando cada vez mais, e isso só tende a continuar.

11 de junho de 2016

QUERO TER UM BLOG: sobre o que escrever

Esse post faz parte da série QUERO TER UM BLOG. Para conferir os outros posts, clique nesse link aqui!


Isso talvez seja contraditório e totalmente oposto ao que costumam falar por aí, mas aqui vai minha sugestão: não se preocupe em escolher um tema específico para o seu blog.

É claro que você não vai escrever sobre assuntos que não gosta. O que quero dizer é que você não precisa necessariamente definir seu nicho antes de criar o blog. Há grandes chances de você descobrir os temas que gosta ao tentar escrever sobre eles. Eu, por exemplo, comecei a escrever sobre moda porque gostava do assunto. Após muitos anos fui percebendo que eu gostava de vários outros assuntos e moda era apenas um deles.

Resumindo: escreva sobre o que gosta. Não importa se for um ou 10 assuntos diferentes, mas sim que você faça tudo com vontade e seus leitores percebam o porque de abordar tais temas.